RESSONÂNCIAS DE NARRATIVAS AUTOBIOGRÁFICAS NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v17i44.8026

Palavras-chave:

Abordagem biográfica, Formação continuada, Autoformação

Resumo

Este estudo aborda as narrativas na formação continuada de professores dos anos iniciais do ensino fundamental na perspectiva de analisar suas ressonâncias nos processos de autoconhecimento, de autoformação e de compreensão das condições objetivas e subjetivas dessa formação e da prática docente. Pressupõe que os professores e sua formação são importantes, mas advoga que as contribuições e os efeitos dos processos formativos necessitam ser analisados considerando sua materialidade e a realidade das práticas de ensinar e aprender no contexto educacional brasileiro. Apresenta resultados de pesquisas desenvolvidas no Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Formação e Profissionalização Docente em Pedagogia, consubstanciadas na abordagem autobiográfica. Conclui que as narrativas, como dispositivos de pesquisa, engendram formas de resistências e de compreensão das dinâmicas de formação continuada de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonia Edna Brito , Universidade Federal do Piauí – Brasil

Doutora em Educação/UFRN. Professora da Universidade Federal do Piauí, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação/PPGEd/UFPI. Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Formação e Profissionalização Docente em Pedagogia/NUPPEd.

Referências

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Tradução Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BRAGANÇA, Inês Ferreira de Souza. Histórias de vida e formação de professores/as: um olhar dirigido à literatura educacional. In: SOUZA, Elizeu Clementino de; MIGNOT, Ana Chrystina Venancio (Org.). Historias de vida e formação de professores. Rio de Janeiro: Quartet: FARPEJ, 2008.

CHENÉ, Adele. A narrativa de formação e a formação de formadores. In: NÓVOA, António; FINGER, Matthias (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Natal, RN:EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010.

DAY, Christopher. A paixão pelo ensino. Porto, PT: Porto Editora, 2004.

DOMINICÉ, Pierre. O processo de formação e alguns dos seus componentes relacionais. In: In: NÓVOA, António; FINGER, Matthias (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Natal, RN:EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010.

ESCUDERO, Juan M.; TRILLO, Felipe. O desenvolvimento profissional dos professores: crise do currículo, das práticas, dos efeitos da formação?. In: FLORES, Maria Assunção; MOREIRA, Maria Alfredo; OLIVEIRA; Lia Raquel. Desafios curriculares e pedagógicos na formação de professores. Ramada, PT: Edições Pedago LDA; Santo Tirso, PT: De Facto Editores, 2017.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

JOSSO, Marie-Christine. Experiências de vida e formação. Tradução José Cláudino; Júlia Ferreira. São Paulo: Cortez, 2004.

NÓVOA, António Sampaio da. Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. Cadernos de Pesquisa, v. 47, n. 166, p. 1106-1133, out./dez. 2017.

PACHECO, José Augusto; FLORES, Maria Assunção. Formação e avaliação de professores. Porto, PT: Porto Editora, LDA: 1999.

PASSEGGI, Maria da Conceição. Narrativas da experiência na pesquisa formação. Do Sujeito Epistêmico ao Sujeito Biográfico. Roteiro, Joaçaba, v. 41, n. 1, p. 67-86, jan./abr. 2017.

PESSOA, Teresa. Aprender e ensinar com a análise e escrita de casos. In PESSOA, Teresa; MARCOS, Ana Rodrigues. (Coord.). A vida nas escolas: Casos para a formação de professores. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2011.

SANTOS, Francisca das Chagas Cardoso do Nascimento. Formação e prática docente alfabetizadora: contexto de reelaboração do letramento de professores. 2017. 236 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2017.

SILVA, Maria de Jesus Assunção. Formação de professores da educação infantil e suas relações com a reelaboração da prática docente. 2017. 202 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2017.

SOUSA, Erineide Cunha de. Reflexão nos processos de formação continuada de alfabetizadores: dos desafios e das possibilidades. 2016. 150 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2016.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Histórias de vida, escrita de si e abordagem experiencial. In: SOUZA, Elizeu Clementino de; MIGNOT, Ana Chrystina Venancio (Org.). Historias de vida e formação de professores. Rio de Janeiro: Quartet: FARPEJ, 2008.

SOUZA, Elizeu Clementino de. O que será? Estigmas, refiguração identitárias e narrativas biográficas. In: SOUZA, Elizeu Clementino de; VICENTINI, Paula Perin; LOPES, Celi Espasandin (Org.). Vida, narrativa e resistência: biografização e empoderamento. Curitiba: CRV, 2018.

Downloads

Publicado

2021-02-01

Como Citar

Brito , A. E. (2021). RESSONÂNCIAS DE NARRATIVAS AUTOBIOGRÁFICAS NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES. Práxis Educacional, 17(44), 1-17. https://doi.org/10.22481/praxisedu.v17i44.8026